Este site utiliza cookies para otimizar a sua experiência de navegação.

ACEITO
Espiritualidade / 20 jun 2019

Apologia à Vida

Considerar que o que pensávamos estar certo pode não estar, e o que tínhamos como errado pode ser o certo… ou não.

Considerar que podemos sempre ter que rever tudo.

A vida, as escolhas e os caminhos.

Considerar que tudo pode acontecer, e que não temos que antecipar nada, porque iremos aceitar o que vier e fazer os lutos respectivos.

Considerar que podemos estar no caminho errado… ou no caminho certo com pés errados.

Considerar que podemos ter que mudar de caminho - mas pelo menos já temos essa consciência e ter essa consciência é o primeiro e o mais importante passo.

Considerar que até podemos não mudar de caminho, e sim mudar-nos a nós próprios neste caminho que estamos.

Considerar que tudo, absolutamente tudo pode estar certo hoje e errado amanhã. Ou errado agora e certo daqui a pouco.

Considerar que podemos não ter chegado ainda a lugar nenhum e que até podemos nem ter chegado ao local da partida.

Considerar que as coisas, pessoas, tudo… nada é nosso. Tudo é da vida. Ela empresta, e retira quando precisamos de uma lição de desapego.

Considerar que não podemos dominar a vida.

Nada é manejável.

Nem as vitórias… nem as derrotas. Todas é fruto da vida que levamos e das escolhas que fazemos.

Considerar que uma escolha acertada, por menor que seja, que confira com a nossa essência, com quem somos na realidade, muda o nosso mundo… e muda o mundo todo.

Considerar que uma escolha que te afasta de quem é, feita pensando em recompensas materiais, destrói o elo energético que te liga ao universo.

Considerar que trair a tua energia, o que de mais puro há em você, é trair o fio mágico e eterno que te trouxe a esta encarnação.

Considerar que a única coisa que tem que respeitar na vida é você próprio, porque quem se respeita, respeita o mundo, a natureza, os outros e a própria vida.

Considerar que a tua energia é sagrada e ela sabe para onde lhe deve  dirigir. Só tem que se conectar com ela… e seguir.

Considerar que fazer parte do todo tem que  interagir com o universo… trazendo para o grupo o que de mais alto mora em você.

Considerar que somos sagrados. Considerar isso todos os dias, todos os minutos da nossa vida.

E agir em consonância.

Considerar que ser sagrado é vibrar sempre pelo amor. Não importa o que aconteça. E se não conseguir, começar outra vez no dia seguinte.

Considerar que vibrar pelo amor é vibrar pela alma, e quem vibra pela alma compreende todas as coisas citadas acima.


Lançamento - Desafio A PONTE - descubra como sair de onde está e "Chegar Lá..." em 7 dias. Gratuito e com acesso Imediato!

Vamos para a Ponte!
Alexandra Solnado
Alexandra Solnado

Alex Solnado é a autora portuguesa na área da espiritualidade com maior projeção mundial. Como nunca foi religiosa, o seu desenvolvimento espiritual acabou por passar por outras vias. Estudou Astrologia Kármica, Ciência Esotérica e Meditação. Em Março de 2002 numa Meditação, Jesus apareceu. Disse que tinha muita coisa para dizer, se ela estava disposta a escrever. A partir daí começam as mensagens… até hoje.

Assinatura

Youtube