Este site utiliza cookies para otimizar a sua experiência de navegação.

ACEITO
Mensagens de Jesus / 01 ago 2019

O presente e o futuro

Vou lhe explicar por que é tão importante as pessoas viverem o presente.

Nem o passado, nem o futuro. O presente.

Simplesmente estar aqui, no presente. Vivenciar o que há para vivenciar no aqui, no agora. Não mais do que isso.

Muito já foi falado sobre viver no agora.

Mas há coisas que faltam explicar. Faltam esclarecer.

Quando uma pessoa vive no passado, toda a sua energia vibra com uma frequência do passado.

Se sentiu ódio no passado, se sentiu revolta, culpa, ou seja, qualquer um desses instintos básicos no passado, essas emoções virão para o presente.

Vão invadir a sua vida, pois o portal do tempo é aberto e as dimensões temporaisse intercruzam. Interagem. “Intervivem”.

Será surpreendido por emoções adversas no presente, por força de viver com a consciência, com o foco no passado.

As emoções antigas passam a dominar o presente, a sua vida e a sua energia. Passa a «viver de memórias», e fica uma pessoa triste, sem energia, pois a energia só se atrai quando se resolvem as coisas.

Se viver no presente, poderá até revisitar memórias antigas, mas com a consciência de hoje.

Pode ir ao passado, mas irá levar do presente uma consciência ampla, limpa e esclarecida. Naturalmente que as emoções bloqueadas secularmente, por força de receberem a consciência do presente, se desfazem em mil cacos de Luz.

Você passa a viver cada vez mais tranquilo, pois vive numa dimensão temporal em que pode alterar a lógica dos acontecimentos através do seu livre-arbítrio. A sua escolha pessoal.

Quem vive no passado não altera nada. O passado não se altera. Passa a viver com uma sensação de tremenda impotência, pois está no passado, não o pode alterar, em vez de viver no presente em que pode mudar o rumo dos acontecimentos.

Por aqui, perceberão que não deverão viver no passado.

Ir lá com a consciência de hoje para libertar os bloqueios,sim. Mas viver lá, não.

Agora vamos falar do futuro.

Por que é assim tão ruim viver com a consciência focada no futuro?

As pessoas que vivem focadas no dia de amanhã ficam infinitamente mais fracas.

Não tem a energia do presente, a renegam em prol de eventos que ainda irão acontecer.

Não os podem forçar e arriscam-se a que esses eventos, pura e simplesmente, não aconteçam.

Como vivem com a consciência no futuro, o seu presente é sem cuidado, sem entrega, sem foco.

E o que pensa que acontece no futuro com quem não o prepara?

Com quem não se entrega para que aconteçam coisas preponderantes?

Com quem não cuida das coisas para que elas possam crescer?

Qual será o futuro de uma pessoa que não foca no presente, para perceber o que fazer e como fazer quando chegar a hora de fazer alguma coisa?

Nada.

Não vai haver futuro.

Poderão passar meses e anos.

Poderá passar o tempo, mas a vida dessa pessoa não vai mudar, nada vai mudar, e ela vai continuar esperando que aconteçam coisas satisfatórias num futuro que não chega nunca.

Você irá viver esperando.

Apesar dessas razões para viverem no presente já serem, por si só, suficientes, ainda quero dar uma razão fundamental para as pessoas passarem a escolher o agora.

Eu só posso entrar onde há consciência.

Eu só posso entrar onde a consciência está plena.

Eu só posso entrar desde que me convidem a entrar.

Desde que abram espaço para Eu entrar.

Uma consciência focada no coração, no que se sente, está placidamente dando autorização para que Eu entre.

Uma pessoa que vive com a sensibilidade à flor da pele, aceitando as suas dificuldades e limitações, mas também aceitando as suas capacidades e, principalmente, a sua condição de gestora da própria evolução, uma pessoa que escolhe viver o hoje com o que quer que o hoje traga, essa pessoa está me chamando.

Um chamamento longo, contínuo, com gosto de amizade antiga.

Para essas pessoas é que Eu vou.

Nessas Eu entro.

Mas as pessoas que insistem em viver fora do seu tempo, ou no passado, onde as mágoas aconteceram, ou no futuro, onde pensam que tudo vai acontecer, essas pessoas não estão em condições de deixar entrar a Luz.

Bloqueiam. Resistem. Controlam.

Por essas pessoas, a única coisa que posso fazer é esperar.

E fico por aqui, com uma sensação de tristeza e inutilidade,

Vendo-as se afastarem cada vez mais da Luz, vendo-as se afastarem cada vez mais de mim.

E sofrendo. Sofrendo sozinhas, em plena solidão espiritual.

Lembrem-se de que para se conectarem comigo vocês só têm que sentir.

Sentir profundamente seja que emoção for. Nunca julgando ou culpando os outros pela sua vida.

Apenas sentindo, sentindo, sentindo.

E Eu estarei aqui, cuidando aqui de cima para que, por força de tanto sentir, os bloqueios se desfaçam, as emoções se diluam, e vocês possam novamente ter esperança e olhar para o Céu.


In O Livro da Luz de Alexandra Solnado


Lançamento - Desafio A PONTE - descubra como sair de onde está e "Chegar Lá..." em 7 dias. Gratuito e com acesso Imediato!

Vamos para a Ponte!
Alexandra Solnado
Alexandra Solnado

Alex Solnado é a autora portuguesa na área da espiritualidade com maior projeção mundial. Como nunca foi religiosa, o seu desenvolvimento espiritual acabou por passar por outras vias. Estudou Astrologia Kármica, Ciência Esotérica e Meditação. Em Março de 2002 numa Meditação, Jesus apareceu. Disse que tinha muita coisa para dizer, se ela estava disposta a escrever. A partir daí começam as mensagens… até hoje.

Assinatura

Youtube